O que é Análise Preliminar de Risco

Trabalhar em um ambiente seguro que não ofereça riscos de acidentes e doenças ocupacionais, é o que todo trabalhador tem direito, pois, ele está fazendo o seu trabalho e merece as melhores condições para desempenhar as suas atividades profissionais. As empresas de todos os portes devem disponibilizar para os seus empregados o que há de melhor para que eles possam trabalhar sem preocupações. Uma das opções usadas pelas empresas para evitar os acidentes de trabalho é a APR (Análise Preliminar de Risco).

O que é Análise Preliminar de Risco

A Análise Preliminar de Risco, também chamada de APR, é um estudo realizado antecipadamente e de maneira detalhada de todas as etapas do trabalho, seu objetivo é encontrar possíveis riscos existentes no exercício da profissão. Depois que a Análise Preliminar de Risco encontra os problemas e os acidentes que podem acontecer no futuro, ela deve ser entregue aos responsáveis pela empresa, que precisarão adotar as ações para fiscalizar e diminuir com todos os riscos.

A Análise Preliminar de Risco é uma atividade que deve ser executada com a atuação de toda a equipe da empresa, com isso o ambiente de trabalho coletivo ficará mais seguro e confortável.

Dicas para fazer uma Análise Preliminar de Risco

1 – Para fazer uma APR da maneira certa é preciso observar e fazer uma relação de todos os riscos existentes no ambiente de trabalho, mesmo que os problemas sejam muito pequenos não podem ser passados despercebidos.

2 – Para preencher o formulário da Análise Preliminar de Risco, alguns dados são fundamentais, como: o nome dos profissionais responsáveis pela análise, a data de realização, nome da empresa, tarefa que será praticada, um check list com os riscos encontrados no trabalho, descrição dos EPIs de utilização obrigatória durante a realização da atividade profissional, as normas de segurança, as etapas do trabalho e muito mais.

3 – A data de validade da Análise Preliminar de Risco é escolhida pela empresa, ela pode ser mensal, semanal e outros. Essa análise precisa levar a assinatura de um profissional em segurança do trabalho.

4 – Na verdade qualquer profissional da empresa pode assinar a APR, pois não há proibição legal, porém é essencial que o trabalhador tenha conhecimentos na área de segurança do trabalho e que esteja por dentro dos riscos existentes no ambiente de trabalho.

5 – A Análise Preventiva de Risco deve ser feita corretamente para evitar os riscos de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, dando sugestões de medidas de prevenção.

Cada empresa pode escolher o modelo de APR que fará em seu estabelecimento, pois não existe um modelo específico, por isso a empresa deve escolher a análise que combina melhor com as suas necessidades de segurança.

Em resumo, a Análise Preliminar de Risco (APR), é uma medida imprescindível de segurança que tem que fazer parte da rotina das empresas de pequeno, médio e grande portes, afinal ela é obrigatória. Então se trabalha em uma local que ainda não tenha a APR, é importante que fale com o seu chefe para que ele adicione essa análise no estabelecimento. A APR foi criada para assegurar a saúde e bem-estar dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *