A Importância das Botas de Segurança no Ambiente de Trabalho

Os trabalhadores, todos os dias correm muitos riscos no exercício de suas profissões, pois os acidentes de trabalho e as doenças ocupacionais podem pegar qualquer pessoa, basta um descuido ou uma má postura no trabalho, para que eles ocorram.

A grande maioria das empresas preza pela saúde e integridade física dos seus funcionários, para isso foram criadas muitas medidas de proteção que são aderidas através do técnico de segurança do trabalho de cada empresa. Entre as formas de minimizar os acidentes e doenças do trabalho, a mais essencial é o EPI (Equipamento de Proteção Individual).

Os Equipamentos de Proteção Individuais foram criados para proteger os trabalhadores dos vários riscos encontrados no ambiente de trabalho, inclusive doenças que surgem com o tempo de trabalho, que muitas vezes, são incuráveis. As botas de segurança, também conhecidas como botinas, são de extrema importância no dia a dia do trabalho.

Importância das botas de segurança para o trabalho

As botas de segurança têm a função de proteger os pés dos muitos perigos oferecidos no ambiente de trabalho.

  1. Acidentes provocados por diferentes objetos – As botinas protegem os pés dos trabalhadores de acidentes causados por cacos de vidros, arames, pregos e outros objetos, que além de deixar o profissional incapacitado por alguns dias, ainda podem causar o tétano, doença que pode ser só um susto, ou até causar a amputação de um membro do corpo ou até a morte.
  2. Trombadas – No ambiente de trabalho, em um momento de descuido do empregado, pode acontecer do pé se chocar com uma superfície dura, e se ele estiver usando a botina, seu pé estará protegido.
  3. Queimaduras – As botas de proteção devem ser usadas sempre pelos trabalhadores que manuseiam produtos químicos, pois se respingar nos pés, podem queimá-los gravemente.
  4. Choques elétricos – As botas de segurança, se usadas da forma adequada, evitam os choques elétricos, que é uma das principais causas de mortes de trabalhadores.
  5. Quedas – Muitas vezes, os profissionais estão trabalhando em locais molhados, e a bota adequada com o solado indicado, evitará quedas e escorregões.
  6. Queda de materiais em cima dos pés – Com o uso das botas de segurança, os trabalhadores podem evitar pés dilacerados, quebrados ou esmagados.

São muitas as opções de modelos e tipos de calçados de segurança, e é de responsabilidade do chefe e também do empregado, encontrar, o melhor calçado para exercer determinada função. Se a botina de segurança estiver desconfortável e machucando o pé, procure o setor responsável na empresa que trabalha, como o SESMT e a CIPA e informe o que está acontecendo.

Todos os donos de empresas e trabalhadores devem ter em mente que o uso dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs), são de extrema importância para prevenir os acidentes, que em muitas ocasiões podem levar a morte e também as doenças ocupacionais.

O mau uso ou o não uso dos equipamentos de segurança, como as botas, podem prejudicar muito a vida dos trabalhadores, pois podem causar incapacidade para exercer a profissão, invalidez, longos períodos de recuperação, e claro a morte.